domingo, 25 de março de 2012

Nos braços de Morfeu...

Morfeu me chama para deitar na cama
O colchão se inflama
E a gente se ama...

____________________________________________

-Lore, vem dormir Lore.

-Ahn, que?

- Sou eu Lore,  Morfeu

-Que?

- Ah Lore, sem essa, me conheces bem. Sou o Deus de um dos maiores prazeres que existe...

- Do sexo? Nem vem não,  tô exausta...

- Não engraçadinha, sou Morfeu, o deus dos sonhos. Vem cá me dá um abraço, vem pra cama, onde toda noite a gente se ama.

- Ih, primeiro foi o eu-lírico, agora o Morfeu, que diacho que me deu?

-Sono, somente, não sente? Vem comigo descansar o corpo e a mente

- Ih Morfeu, sai fora, há tanto a fazer, tenho de estudar, trabalhar, não tenho tempo a perder.

- Deixa de ser cabeça dura. Dormir não é frescura, é regozijo e recomposição, pro corpo ficar inteirinho e a alma cheia de disposição.

- Pô Morfeu, tu rima direitinho, faz um dueto comigo.

- Já to fazendo Lore...

-Ah é verdade. Morfeu, vem cá, que você acha das coisas que eu fico pensando antes de dormir?

- Acho bem legais Lore, algumas bem criativas até, você devia escrever mais sobre elas. Mas há um porém...

- Qual ué?

- Você pensa demais e dorme de menos.

- Ah Morfeu, não fode. Andei dormindo dez horas por dia. Quer que eu hiberne é?

- Só passou a dormir dez horas , porque antes dormia quatro. O corpo explodiu, dai já viu. O nome é equilíbrio Lore, equilíbrio.  Lembra do eu-lírico?  Um cara esperto que dizia que você devia concursar menos e se cuidar mais, se tivesse ouvido ele...

-...

- Ficou sem palavras né. Tá pensando o que?

-Em dormir, você me convenceu. E lá vou eu cair nos braços de Morfeu.

_________________________________________________

Porque não se pode ser forte o tempo inteiro...

2 comentários:

Simone Schuck disse...

"Lore" me lembra a "Lóri" da Clarice :)

flor disse...

Se jogue nos braços de Morfeu... Muito bom nega...